terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

O Cargo de Chanceler


Esteio, 05 de março de 2012



Grande Oriente do Rio Grande do Sul
Loja Luz, Vida e Amor



O Cargo de Chanceler


Venerável Mestre
Irmão Primeiro Vigilante
Irmão Segundo Vigilante
Caros Irmãos



Definição de Chanceler: Chanceler ou cancelário (do Latim cancellarius: guarda da cancela que separava público de um tribunal de justiça) é um título atribuído em diversas instituições cuja organização é inspirada no Império Romano. A função de chanceler ou cancelário pode ser diferente de instituição para instituição.
Na Maçonaria é o Guardião do selo, para poder imprimi-lo nos documentos da Loja. É também o responsável pelo cadastro dos obreiros.
Sua jóia é o Timbre ou Chancela, é somente um símbolo do cargo, não tendo nenhuma simbologia maçônica..
O Cargo de Chanceler tem por objetivo o controle de presença dos IIr.`. do Quadro e dos Visitantes, mantidos estes registros em livros próprios para tal.
Temos duas etapas diferentes, uma fora dos trabalhos da Loja e outro dentro da Loja.
No inicio é função do Chanceler colocar os livros de presença dos IIr.`. do Quadro e dos Visitantes no local apropriado, verificar se todos os IIr.`. e os Visitantes assinaram os livros de presenças.
No inicio dos trabalhos, em algumas potências, dentro da Loja o Ven.`. Mest.`. pergunta ao Chanceler se o numero é legal", e o Chanceler responde, "SIM", desde que tenha presença de no mínimo sete IIr.`., dos quais três MM.`.MM.`..
Na seqüência deve o Chanceler verificar no Livro de Presenças se todos os IIr.`. presentes o assinaram e quantos somam no total. Verificar também se não houve nenhum esquecimento.
Enviar para o Ir.`. Orad.`. os nomes dos IIr.`. Visitantes, suas Lojas, Orientes, Potência, e Grau, e providenciar o Certificado de Presença aos IIr.`. Visitantes.
É também de responsabilidade do Chanceler informar a Loja quais os IIr.`. que tem presença suficiente para votar em Eleições de Grão Mestre, Ven.`. Mest.`. e de todos os outros Cargos da Loja.
Também tem como função, oficiar os associados que venham a exercer o limite de faltas permitidas, solicitando-lhes justificativas ou comunicando-lhes eventuais conseqüências.
Deve também, a cada sessão, verificar os faltantes e, se estes não justificaram antecipadamente uma justificativa, manter contato com os mesmos para saber do motivo da falta, comunicando às Luzes da Loja o resultado deste levantamento.
Confirmar regularidade suficiente para a concessão de Aumento de Salário e confirmar as presenças nos Escrutínios Secretos.
Fica também a seu cargo a informação aos IIr.`. das Efemérides da semana, Aniversários Casamentos, Iniciação, Elevação, Exaltação e Instalação dos IIr.`. Cunhadas e Sobrinhos.
É também levado até ele para a assinatura do registro de presença, os Ir.`. do quadro da Loja ou Ir.`. visitantes que adentrem na Loja depois de abertos os trabalhos. Estes Ir.`. devem ser conduzidos pelo Mestre de Cerimônias até o Chanceler, que os recebe com o sinal do Grau e solicita sua assinatura no livro de presença.
É também o responsável pelo fechamento e chancela simbólica dos Sacos de Propostas e Informações e do Tronco de Solidariedade depois do giro destes dentro da Loja.
Acho que é muito gratificante o exercício deste cargo, pois serve para uma aproximação maior com todos os Ir.`., serve para se conhecer todos pelos nomes em um espaço menor de tempo e querendo ou não, como forma de responsabilidade, se é obrigado a estar sempre em pé e à ordem, não podendo se afastar dos trabalhos da Loja. É de grande valia também a forma que o cargo permite em ajudar a todos os IIr.`. no que diz respeito a presenças, ao controle de tempo e assiduidade nas sessões, os avisos, as efemérides e o contato verbal para as justificativas. É muito bom poder falar com todos fora do dia de nosso encontro.



Marcos Antonio Peruzzolo
Companheiro Maçom

2 comentários:

  1. É de obrigação,do Ir.´. Chanceler, em loja em sessão regular, fechar os livros de presença dos IIr.´. do quadro bem como visitantes, quando houver, encaminhando-os através do Ir.´. Mestre de Cerimônia, os livros de presença, ao Ven.´.Mestre para assinatura deste, logo após o preenchimento do último Ir.´. eliminando as demais linhas em branco do livro de presença. Esse momento se dá logo após a comunicação do Ir.´. Tesoureiro do valor arrecadado através do Tronco de Beneficência em moeda cunhada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado meu Irm.'. , pois estou para assumir o cargo e sempre pairam dúvidas.
      Magno Augusto Alvarenga ARBLM. '. 7 De Dezembro n* 34 Or.'. Sapucaia - RJ.

      Excluir